visitas

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Filme Bloodrayne

Saudações, adoradores da noite!

Aproveito, primeiramente, para reiterar meus agradecimentos pelas visitas ao blog e os comentários. Muito Obrigado!

Nesta postagem, falarei sobre um filme, baseado em um game, intitulado Bloodrayne.

Baseado no game campeão de vendas.

Bloodrayne, lançado em 2005, retrata as aventuras de uma "dhampir" (meio humana - meio vampira), baseado em jogo de grande sucesso. Foi todo rodado na Romênia. Dirigido por Uwe Boll, o filme tem duração de 95 minutos.

Apesar do sucesso da versão game, o filme não agradou os fãs da série. Muitos afirmam que o maior problema são as diferenças marcantes da estória do filme em comparação com a estória do game.

No elenco, encontram-se:

Kristinna Loken (Rayne)
Michelle Rodriguez (Katarin)
Ben Kingsley (Kagan)
Michael Madsen (Vladimir)
Matt Davis (Sebastian)


Sinopse

"Na Romênia do século 18, Rayne uma "dhampir" (meio humana, meio vampira), tenta vingar o estupro de sua mãe por seu pai, Kagan, o Rei dos Vampiros.
Obrigada a se refugiar em um circo, Rayne só descobre suas verdadeiras habilidades na noite que é obrigada a se defender de um homem e experimenta sangue humano pela 1º vez. Ela se transforma em BLOODRAYNE e passa a se alimentar de sangue.
Dois caçadores de vampiros, Sebastian e Vladimir, da Sociedade Brimstone, convencem-na a unir-se a eles em sua luta para destruir o mais poderoso e maléfico dos vampiros na terra: seu pai.
Eles terão que encontrar três talismã, antes que Kagan os ache, evitando assim que ele se torne ainda mais poderoso e lance o mundo na escuridão onde os vampiros reinarão absolutos para sempre."

Com o fracasso de bilheteria nos Estados Unidos, o filme chegou por aqui já em DVD.
O curioso é que, mesmo com o fracasso, Uwe Boll dirigiu uma continuação do filme, lançado em 2007.

O ponto mais positivo do filme, em minha opinião, fica pela ambientação e vestuários. O filme, rodado na bela Romênia, teve locações reais em castelos, ou seja, nada de cenários falsos. O figurino também ficou muito bom.
O filme tem suas partes sanguinárias, que seria necessário para retratar a estória inspirada no game, que também é conhecido por seus momentos de sangue. Porém, senti que tentaram contar uma estória muito grande em pouco tempo, pulando de uma cena para outra, ou seja, se precisavam pegar um barco para ir para outra parte, essa cena não existia, simplesmente pulava já para as personagem no ponto de destino. Isso matava um pouco a trama em questão de tempo/espaço.
Senti que a atriz principal, apresentava certa dificuldade e muitas vezes isso aparecia em movimentos muito lentos, nos momentos das lutas com suas "blades" - Como eram conhecidas suas duas lâminas.

Como sempre digo, vale a pena conhecer e tirar suas próprias conclusões. Garanto que eu espera bem mais deste filme, que tinha tudo para ser um sucesso no gênero.

Conhecia o filme? Deixe sua opinião sobre.

O maior inimigo, o Sol, com seus raios de destruição, dominam o dia, mas a noite, dá lugar para o domínio da escuridão, nesta hora, as criaturas sugadoras de sangue reinam soberanas.

Abaixo, assista ao trailer do filme Bloodrayne.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br